Exposição fotográfica ”Espelho da lua: o lugar e seus mistérios” é aberta ao público, em Nhamundá

Após o sucesso da primeira exposição realizada no município de Nhamundá sobre os povos Hixkaryanas, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Turismo e Cultura (Semtuc) abriu esta semana, a segunda exposição intitulada “Espelho da lua: o lugar e seus mistérios”. A visitação, aberta e gratuita, acontece de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h, no anfiteatro da Praia da Liberdade.

O projeto é um inventário fotográfico sobre o Espelho da Lua, lago localizado no alto Nhamundá e associado, no imaginário regional, às Icamiabas – guerreiras amazonas que aparecem nos relatos de viajantes e que teriam habitado esse lugar. As fotografias estão sendo expostas, juntas a textos, poesias e depoimentos antigos de moradores da cidade. A ideia é dar visibilidade a esse patrimônio natural, passando a valorizá-lo como patrimônio do município.

Como é sabido, a maioria dos municípios do interior do Amazonas ainda não possuem planos de cultura e turismo ou mesmo um conjunto de ações estruturadas voltadas a valorização, seja de suas belezas naturais ou de seus patrimônios históricos e culturais. O projeto visa contornar essa ausência em Nhamundá, fomentando a construção de um banco de imagens que pode servir à Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e Prefeitura de Nhamundá na estruturação de roteiros turísticos, envolvendo o Espelho da Lua, ao mesmo tempo em que fornece à população informações e conteúdos sobre o local – suscitando o reconhecimento desse lago como algo que integra a cultura e a identidade nhamundaense.

Desde a abertura, no último sábado (30), mais de cem visitantes já passaram pela exposição, os que mais procuram são alunos das escolas estaduais e municipais. A exposição segue aberta ao público por tempo indeterminado.

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.