Coluna

Olha essa!

Notas pitorescas sobre política, negócios e entretenimento na ilha De Las Picotas.

Os campeões de votos. Terra Preta foi maior. Ataque de raiva. De olho em 2024. Durango acertou.

Coisas da ilha

Dono de uma sensibilidade acentuada, o craque Riso Alencar foi na orla do bairro da União e percebeu essa pintura que a simplicidade oferece.


Resultado

Na proclamação dos eleitos, Parintins ganha dois representantes jovens no legislativo. Saullo Viana (UB) vai para a Câmara Federal e Mayra Dias (Avante) para a Assembleia Legislativa.

Resultado II

Eleito entre os três mais votados, Saullo amplia sua liderança em todo o estado e já pode sonhar mais além. Com mais de 34 mil votos dados à esposa (só em outros municípios foram mais de 16 mil), Bi Garcia (UB) consolida sua liderança no Baixo Amazonas e acena para a região metropolitana de Manaus.

Resultado III

Depois dos agradecimentos pela vitória, a família Dias Garcia recarrega as baterias e analisa o 2º turno. Bi, Mayra e Henry já mostraram que sabem conquistar votos.

Bi, Henry e Mayra: dever cumprido.

Zona Franca

A deputada eleita Mayra Dias (Avante) esteve em Manaus para agradecer aos mais de 5 mil votos obtidos. Do povo manauara, Mayra recebeu uma votação compatível a de um vereador da capital.

Números

Em relação aos dois mais votados nas eleições proporcionais em Parintins, com 36.421 votos válidos na cidade e 14.094 no interior,  Saullo Vianna (UB) obteve 8.364 votos na zona urbana  e 5.219 na zona rural. Mayra Dias recebeu 11.598 da cidade e 7.159 no interior.

Números II

Saullo ficou com 22.9% dos votos da cidade  e 30% do interior. Mayra teve 31,8% da cidade e 50,7% do interior.

Aposta

Márcia Baranda (MDB), candidata a deputada federal, obteve 4.839 votos em Parintins. Márcio Paixão (Avante), disputando o mesmo cargo, obteve 951. No duelo, os apostadores ganharam com a Márcia. Ela foi a penúltima entre os parintinenses disputando o cargo.

Grande

Israel Paulain sai desta eleição bem maior do que entrou. Fazendo uma campanha “franciscana” (gastou apenas o solado de borracha do tênis Nike), o apresentador do Boi Garantido conseguiu em Parintins 8.056 votos, o segundo mais votado para federal. Já pensa em transferir seu título para a Ilha de Las Picotas.

Israel Paulain: olhar 2024

Coice

Frequentadores da galeria do plenário Raimundo Almada comentam que tem uma “vossa excelência” bastante raivosa desde o resultado das eleições. Chega a se transfigurar quando fala. Estão achando os sintomas parecidos com o “mal da vaca louca”.

Curiosidade

Para presidente, Vera (PSTU) teve 02 votos. Henrique Oliveira (Podemos) teve 22 para o governo. Para senador, o pastor Peter Miranda (AGIR) ficou com 21 votos. O candidato a deputado federal Celso Corsino (DC) obteve 01. O William Abreu (PMB), candidato à estadual, teve 12 votos. Na próxima vão disputar a série B.

Escala

As três maiores votações do pleito aqui na ilha no 1⁰ turno. Lula (PT) foi o primeiro com 43.220 (79.5%) dos votos. Em seguida aparece Omar Aziz (PSD) com 38.993 (77%)  e Wilson Lima (UB) com 27.719 (54%) dos votos.

Lula, Omar e Wilson: os três acima de 50%.

Diferença

A maior proporcionalidade de votos para o Lula (PT) na zona rural de Parintins foi em Terra Preta, região do rio Mamuru. Dos 379  votos válidos, Lula obteve 366, Bolsonaro 8, Tebet 3, Ciro 1 e Soraya 1.

Animação

A impossibilidade de Bi Garcia disputar a eleição de prefeito como candidato (já foi reeleito) em 2024, assanhou a vereança pelo cargo. Já são oito parlamentares animados com essa possibilidade. Até agora ninguém admite ser vice.

Animaçao II

Dos oito, seis afirmam que vão ter apoio de Wilson Lima (UB) e Saullo Vianna (UB).

Rapidinho

Não querendo ser “desmancha prazer”, longe disso, mas se faz necessário lembrar que além de ser um grande administrador, Bi Garcia já provou que também é um excelente cabo eleitoral.

Pra lembrar

Este ano tem eleição para a presidência da Câmara Municipal. Já tem três candidatos. O eleito se torna vice-prefeito. Vai ser um cabo de guerra.

Arte

O mestre Evanil Maciel faz sucesso com a exposição Cotidianos, na Pizzaria Artesanal. “Seu estilo se tornou marcante ao transpor suas próprias fotografias, feitas nas ruas da cidade, para telas que presentificam esses flashs do nosso dia a dia”, define o curador Diego Omar Silveira.

Cotidianos: retratos da vida parintinense.

Sonho dourado

Amigos da vereadora Márcia Baranda (MDB) sonham com a possibilidade de Eduardo Braga sair vitorioso (MDB) no 2º turno para governador. “Se ele ganhar, fica mais fácil pra Marcinha ser prefeita”, comentam. As pesquisas indicam que o senador vai continuar em Brasília.

Dobradinha

Juscelino Manso (PSDB) ensaiou uma aproximação com Márcio Paixão (Avante) pensando em ser o vice em 2024. Paixão não quis acordo. Só aceita se for na cabeça. “Nesta eleição plantei uma semente”, diz ele.

Festa

O delírio em querer ser prefeito tomou conta da galera. Até a Nega Alencar, sumidíssima, voltou com tudo. Já postou nos grupos de WhatsApp “oi gente, tô aqui de novo!”.

Festa II

“E nesse embalo, o Carbrás vem”? Só se o TCE deixar. Ele tem muita conta a pagar.

Copão

Dia 11 começa a I Copa Parintins Interbairros de Futsal e Futebol de Campo. A cerimônia de abertura marca o início das comemorações da Semana de Aniversário de Parintins. A competição reúne 70 equipes de 25 bairros, nos naipes masculino e feminino.

Aniversário

Para comemorar os 170 anos de fundação de Parintins, a Prefeitura Municipal organizou uma série de inaugurações e shows musicais.

Apito

Hoje, no ginásio Elias Assayag, tem início o XI Jogos Universitários de Parintins/Jupin. Serão 10 modalidades esportivas a serem disputadas por 19 equipes. Alunos e alunas vão correr atrás de medalhas.

Bruxo

Tudo aquilo que o publicitário Durango Duarte projetou sobre as eleições proporcionais no Amazonas aconteceu. Nem mais, nem menos.

Durango Duarte: bola de cristal.

Destino

O ex-governador do Amazonas, José Melo (Pros), obteve 5.127 votos para deputado estadual. Ficou muito longe da suplência.

Só Freud

Das 100 cidades em que foram registradas o maior número de mortes proporcionais causadas pela pandemia de covid-19, Bolsonaro venceu em 87 delas.


Pergunta da Semana



Wilson ou Eduardo?
🤔

Até a próxima!

você pode gostar também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.